Informações do Post - - Jonas Henrique - - 27 de maio de 2018 | - 10:29 - - Home » » » - - Sem Comentários

Resenha: Um Corpo na Biblioteca – Agatha Christie

 

Capa do livro

Fico aqui imaginando a dor de cabeça que Agatha Christie deve ter dado aos escritores de sua época e até mesmo para os contemporâneos, ela não para de me surpreender, fiquei encantado com o modo como ela construiu a narrativa do livro Um Corpo na Biblioteca. 

Por ser um livro menor,  Um Corpo na Biblioteca nos proporciona uma leitura rápida porém ao mesmo tempo é uma leitura que nos deixa instigado, isso porque a autora conseguiu por em um livro tão pequeno uma quantidade imensa de personagens e soube finalizar esse mistério com maestria. Como o próprio nome do livro já nos diz, um corpo foi encontrado em uma biblioteca, diferentemente de outras obras, nessa o crime já havia sido cometido e o corpo da bela jovem Ruby Keene, foi simplesmente encontrado jogado e sem vida na biblioteca da mansão do casal Bantry, aparentemente estrangulada.

Com uma trama repleta de personagens, Christie soube produzir um enredo com duas investigações paralelas, a primeira iniciada pela polícia investigativa, o trabalho dos investigadores não é nada fácil, isso devido as reviravoltas que tornam o caso ainda mais complicado, e a segunda investigação é conduzida pela detetive amadora Miss Marple – este o terceiro livro e o segundo romance a contar com sua  participação – ela  foi chamada por Dolly Bantry, a dona da mansão que por sinal é sua amiga e juntas vão tentar descobrir quem é a garota, quem a matou  e por qual motivo.

Toda a investigação é centrada principalmente nos diálogos, então o leitor tem que ficar atento para descobrir nos detalhes dessas conversas, quem cometeu esse crime. Claro que quem chama a atenção do leitor é a detetive Mis Marple, pois ela é muito mais sagas que os policiais e chama atenção para detalhes importantes e que passaram despercebidos pela polícia investigativa. Lá para o meio do livro há um novo fato que muda os rumos da história, um segundo corpo é encontrado e aparentemente tem ligações com o primeiro. A partir desse ponto vão surgindo pistas mais conclusivas sobre os dois casos.

A medida que o leitor vai se aproximando da conclusão do livro, se dá conta de que o que aconteceu nestes dois crimes  é  algo bem mais complexo do que imaginamos, e o desfecho vai nos surpreender em seus mínimos detalhes e agente percebe que  o assassino nem sempre é aquele qual suspeitamos. A obra Um Corpo na Biblioteca é um ótimo passa tempo, uma leitura agradável, rápida e instigante, tem diálogos muito bem desenvolvidos é um livro com potencial para agradar qualquer leitor.

Ficha Técnica

Livro:  Um Corpo na Biblioteca

Autora: Agatha Christie

Editora: Nova Fronteira

Páginas: 180

Ano da edição: 2014

 



O que achou? Comente!