Informações do Post - - Jonas Henrique - - 18 de setembro de 2017 | - 5:49 - - Home » » - - 16 Comentários

Resenha: O Trono dos Bruxos – Wesley Mendonça

Capa do livro

“O Trono dos Bruxos – As Crônicas dos Kavorist” é um livro escrito pelo brasileiro Wesley Mendonça, ou seja, estamos dando destaque a mais um autor nacional e que criou uma história muito boa, tendo como tema principal um mundo governador por bruxos.

Algo que gosto em um livro é quando ele fala diretamente com o leitor, fazendo com que nos sintamos como parte daquela narrativa e tudo isso aliado uma boa história, o que com toda certeza é uma receita pra lá de boa para conquistar o leitor e é possível encontrar tudo isso presente em sua apresentação. Outro ponto que achei interessante é que sua sinopse não entrega detalhes da obra, não há qualquer tipo de spoiler, apenas apresenta a sua premissa principal.

Esta obra apresenta ao leitor dois diferentes mundos, de um lado o planeta Terra onde vivem os humanos e do outro lado temos o mundo sombrio habitado por monstros e governado pelos bruxos, de forma breve conhecemos esse universo paralelo e os terríveis Decretos Reais do mundo sombrio. Seu rápido prólogo dá ao leitor uma noção do que está por vir, uma descrição rápida de uma fuga desesperadora para salvar a vida de duas crianças que são deixadas no mundo humano. Após essa breve introdução, vamos conhecer os nossos personagens principais, Grace, uma adolescente mais ativa e agitada e Davy, um garoto que tem poucos amigos e bastante tímido. Ambos são irmãos, mas Grace não suporta Davy por um detalhe que não posso contar, pois seria spoiler, ou seja, só vai descobrir se o ler.

A história se inicia como um dia comum na vida dos irmãos, um pouco agitado pra falar a verdade, Grace foi suspensa da escola por um dia por mau comportamento, aqui o autor soube construir sua narrativa misturando elementos de uma relação familiar um pouco conflituosa com um toque de drama. Tudo muda quando de forma misteriosa uma carta é deixada na porta da casa onde vivem e ao descobrir o seu  conteúdo Kely, a responsável por cuidar dos irmãos, fica extremamente nervosa e pálida, como se estivesse visto um fantasma, pois a carta apesar de não fazer nenhum sentido para Grace e seu irmão, já que não tinham conhecimento algum sobre suas verdadeiras origens, mas Kely sabia perfeitamente que aquilo era um aviso de que o perigo estava se aproximando e que precisava tomar uma atitude o mais rápido possível. Naquele mesmo dia Grace nota que coisas estranhas estavam acontecendo, sua melhor amiga não respondia a seus chamados e em uma manhã determinada a descobri o que estava acontecendo acaba saindo cedo demais para a escola na tentativa de resolver esse mistério, porém nada sai como ela havia planejado, enfrenta uma situação muito esquisita e assustadora, até começar a entender e descobrir toda a verdade sobre a família Kavoristy, da qual eles fazem parte, e o seu terrível Decreto Real que estava diretamente liga a sucessão do trono, agora Grace e seu irmão passarão por grandes desafios na tentativa de sobreviverem.

Com uma narração em terceira pessoa, o autor construiu bons diálogos, usou de forma coerente cada um de seus  flash backs, deu ao texto um ritmo mais cadenciado nos momentos que era preciso, assim como soube dar agilidade ao texto no momentos em que a ação se iniciava. “O Trono dos Bruxos” é um bom livro infanto-juvenil, com uma narrativa segura e capaz de conquistar um grande público já que o leitor interage com os acontecimentos e por muitas vezes chega a se identificar com as ações tomadas por seus personagens, ou seja, agrada  principalmente àqueles que gostam de textos que misturam fantasia com um pouco de realidade, sem contar que se trata de um livro muito bem produzido, suas ilustrações foram feitas sob medida que dão um toque especial à narrativa.  Particularmente foi um livro que muito me agradou, creio que é a primeira vez que vejo uma obra nacional nesse estilo e dessa extensão, com certeza estou ansioso para conhecer a novas histórias que serão criadas pelo autor.

Ficha Técnica

Livro: O Trono dos Bruxos

Autor: Wesley Mendonça

Editora: Sinna

Páginas:  382

Ano de lançamento: 2017




16 respostas para “Resenha: O Trono dos Bruxos – Wesley Mendonça”

  1. Adorei a resenha. Muito obrigado!

  2. Eu adoro livros assim, uma pena que eu tenha preguiça de ler todo! Hahahahaha, mas acho que vou colocar na minha lista, muito boa sua resenha!

  3. Nossa! Estou gostando de ver a qualidade dos livros nacionais de fantasia. Não conheço o autor, mas já está anotadíssimo para dar uma olhada, além do mais com os pontos positivos que você assinalou, na sua resenha!
    Excelente resenha! Virei sempre por aqui saber das novidades! Abração,
    Drica.

  4. eita, agora to na maior vontade de ler ele, amo mistério, terror, suspense e por ai vai

  5. Duda Baptista disse:

    Já amei o livro e quero ler, que resenha incrível que você fez, parabéns e muito sucesso para o seu blog, é ótimo quando temos um livro maravilhoso e quando o autor é nacional, amo isso!

  6. Giovana Tomé disse:

    Oi, achei incrível o jeito que você faz resenhas, você consegue descrever a obra em todos os aspectos, defeitos e qualidade, parabéns! Achei muito interessante, ainda mais por ser escritor brasileiro, realmente merece destaque e reconhecimento!
    Beijos, Gi.
    http://www.girlsabout.blogspot.com.br

  7. Nunca tinha ouvido ou visto falar desse livro, mas me interessei

  8. Luna Amil disse:

    Oi tudo bem?
    Não conhecia nem o livro e nem o autor, mas gostei muito da premissa do livro além de ser o gênero que mais gosto.
    Senti uma pontada parecida com um prólogo de uma estória que comecei a escrever, mas que ainda não terminei, então darei total atenção a esse livro para poder me certificar de que não são estórias parecidas, rsrs.
    Sua resenha ficou muito boa, só tome um pouco mais de cuidado com as concordâncias =)

    Abraços e sucesso!!

  9. Ainá Winnie disse:

    Adoro livros de fantasia e estou adorando conhecer autores nacionais desse gênero. Temos realmente que começar a valorizar o que temos, pois são muitos autores de qualidade esperando uma chance. Só uma dúvida, é só fantasia ou tem um pouco de terror? Por motivos de sou medrosa e a capa me assustou um pouquinho…
    kkk’

  10. andy8juuh disse:

    Como apaixonada por fantasias e por gostar de nacionais, coloquei na minha listinha. Gostei da resenha.

  11. Oi Jonas!!
    Acho muito legal esse espaço que você dá para os autores nacionais. Lá no blog também temos parcerias com autores e estamos sempre divulgando o trabalho deles.
    Achei sua resenha muito interessante. Mesmo não gostando desse gênero, eu me vi querendo ler essa história. Parabéns!!
    Bjs
    https://almde50tons.wordpress.com/

  12. LEANDRO BRITO disse:

    Oi. tudo bem?
    Nossa, já comecei a me interessar pelo livro logo na capa. Achei a capa bem interessante e atraente. Ainda não conhecia a história, muito menos o autor, mas fiquei bem interessado do livro, quando fiquei sabendo que é nacional fiquei ainda mais empolgado para conhecer. Já anotei aqui para ver se consigo conhecer a história mais de perto em breve. Muito obrigado pela dia e adorei a publicação.
    Abraço!

  13. Jacke Davis disse:

    Gostei bastante da indicação, e mais ainda Do tipo de narrativa do livro, gosto de sentir que o autor fala diretamente comigo

  14. adinaoliveira99 disse:

    Eu amo livros, sou a doida dos livros. Amei sua Resenha, vou comprar esse livro pra ler e reler 😉

O que achou? Comente!

Mais Visitados