Informações do Post - - Jonas Henrique - - 26 de julho de 2017 | - 8:14 - - Home » » - - Sem Comentários

Resenha: Ninguém Nasce Herói – Eric Novello

capa do livro

Começo essa resenha dando uma salva de palmas para Eric Novello! 👏👏👏 É por obras deste calibre que a nossa literatura precisa de mais espaço e de muito mais visibilidade, possuímos escritores que estão produzindo obras as quais não ficam nem um pouco atrás da literatura estrangeira. Sem sombras de dúvidas, esta entrou para o hall de minhas leituras preferidas em 2017.

 “Ninguém Nasce Herói” traz como protagonista Chuvisco, um jovem cheio de sonhos e repleto de força, para lutar do seu modo, contra as injustiças e toda a opressão que se passa em um Brasil governado por um fundamentalista, um governo altamente opressor e que limita a liberdade de toda a sua população, um país onde um simples ato de distribuir um livro é visto como uma ofensa, um ato de desordem que merece ser corrigido.

O autor conseguiu construir uma narrativa muito realista e até mesmo assustadora. Chuvisco e seus amigos vivem num Brasil onde a palavra preconceito foi praticamente banida, o país tem um governante ultraconservador que incentiva os preconceitos na população, negros, mulheres, nordestinos, homossexuais são descriminados e tratados como lixo, a policia que deveria combater esse tipo de atitude até ajuda a alimentar essas situações, as ideias são censuradas, existe um rigor ideológico e controle sobre tudo o que a população deve ver e ouvir.

O personagem principal é cativante, foi muito bem construído podemos dizer que ele é muito autentico, a sua narrativa é algo totalmente fora de série e incrível. Vou te explicar o porquê. Chuvisco possui surtos de imaginação, sofre de uma forte catarse criativa e possui dificuldades de diferenciar o mundo real do imaginativo, durante esses surtos, que estão fortemente ligados ao seu estado emocional, acaba produzindo uma magnifica narrativa que mistura fantasia e realidade, dando um toque mais que especial em toda essa história. Outro ponto que chamo atenção é para a relação de Chuvisco com seus amigos, a todo o momento demonstra a sua preocupação, deixando claro que daria a própria vida pelo bem de cada um deles. Um dos pontos centrais desta trama é a amizade, nesse núcleo o autor mostra como é possível viver em harmonia entre as mais diferentes pessoas, não importa sua sexualidade, sua cor, sua religião, demonstra de uma forma muito clara, leve  e bem natural que as diferenças fazem parte de nossas vidas.

Eric nos presentou com uma obra muito humana, não só apresenta o ponto de vista de Chuvisco como dos demais personagens mais presentes, cada um com suas lutas, mostrando que mesmo em meio a bravura eles também possuem seus medos e suas duvidas e são esses jovens que em meio as sua incertezas vão dar seu grito de liberdade e ditar os caminhos para uma revolução.

Ninguém Nasce Herói é um livro que nos diz a todo o momento “seja quem você é!”, não deixe de lutar por esse direito. Um livro que fala de liberdade e acima de tudo sobre respeito, é uma obra que nos abre os olhos para a nossa realidade, podemos ver que o mundo que nos rodeia tem muitas das situações apresentadas em sua narrativa e são vivenciadas por muitos de nós, algumas de forma velada e outras de modo muito explicito, sejam os preconceitos ou as pequenas opressões.

Ficha Técnica

Livro: Ninguém Nasce Herói

Autor: Eric Novello

Editora: Seguinte

Páginas: 384

Ano de Lançamento: 2017



O que achou? Comente!

Mais Visitados