Informações do Post - - Jonas Henrique - - 16 de outubro de 2017 | - 1:46 - - Home » - - 17 Comentários

Resenha: Boneca de Ossos – Holly Black

 

Capa do livro

Quando me deparei com o livro Boneca de Ossos pensei que se tratava de uma simples obra infantil indicada para as crianças que estão começando a entrar no mundo da leitura.  Sou aquele tipo de pessoa que gosta de ler um livro pela sua capa – claro que é um julgamento errado, mas comigo sempre deu certo – a ilustração passa um clima meio sombrio e seu título faz nossa imaginação começar a trabalhar, diante da curiosidade decidi ler e fui surpreendido em cada palavra. À medida que fui lendo, me deparei com um texto maduro, uma história envolvente e muito interessante é uma história de terror tão bem trabalhada em cada um de seus detalhes, algo belo de se ver e ler. Sentimos a forte presença da essência infantil em cada capitulo tudo muito bem pensado em cada um de seus detalhes.

Vamos conhecer essa incrível história através de três personagens principais Zach, Alice e Poppy ambos são amigos de longa data, três crianças muito criativas e que possuem uma imaginação fértil, com seus brinquedos eles criam histórias fantásticas um mundo habitado por heróis, monstros, reis e rainhas… E neste mundo repleto de personagens pra lá de peculiares temos a grande soberana, a Rainha de todos esses personagens, uma boneca chinesa feita de ossos que está guardada em uma cristaleira. Ela possui uma aparência bem sombria e em vários momentos é como se tivesse vida própria.

Holly Black produziu uma narrativa em terceira pessoa com uma escrita leve, mas que possui uma consistência e um amadurecimento surpreendente para uma história infantil. A autora consegue passar com delicadeza cada um dos momentos sejam os mais tristes e reflexivos, assim como os sombrios e alegres. Trata-se de uma obra completa que até quem não é criança acaba se encantado.

A história ganha um novo contorno quando o pai de Zach diz que ele não tem mais idade para esse tipo de brincadeira e que se concentrasse no basquete, Zach abandona de vez a brincadeira, mas não conta o verdadeiro motivo para as meninas, mesmo que por dentro o que ele mais deseja é continuar as cultivando. Aqui somos apresentados a um ponto de reflexão, muitas das vezes os pais tomam atitudes que mesmo sem o intuir de querer prejudicar, acaba podando uma fase importante da vida de qualquer criança – que é justamente ser criança – o pai de Zach acaba podando toda sua criatividade e imaginação. A autora também soube nos apresentar que ele já está passando por uma fase de transformação física e algumas atitudes e pensamentos já estão começando a se modificar, tudo de uma forma muito leve e natural.

 Após essa decisão é que vamos mergulhar na história da Boneca de Ossos. Passado esse momento de frustração, Poppy e Alice resolvem ir até a casa de Zach para contar que a boneca foi feita com os ossos de uma menina que morreu em circunstâncias bem estranhas na cidade de Ohio. Após conhecer toda a história decidem que o melhor a fazer é enterrar a boneca junto ao corpo dessa menina, então pegam suas coisas e saem em uma grande aventura até a cidade de Ohio.

Por se tratar de um livro infantil não há muitos personagens, na maior parte do livro podemos ver a história do ponto de vista de Zach, cada um dos personagens principais possuem uma característica bem definida e que contribui muito positivamente para andamento de toda a narrativa. Um livro onde vamos mergulhar numa bela aventura imaginativa, Boneca de Ossos é aquela típica obra para uma primeira leitura na infância, um texto de fácil compreensão, personagens cativantes e ilustrações muito bem elaboradas. Não tem como não estar entre as minhas recomendações.

Ficha Técnica

Livro: Boneca de Ossos

Autora: Holly Black

Editora: Novo Conceito

Páginas: 224

Ano de lançamento: 2014




17 respostas para “Resenha: Boneca de Ossos – Holly Black”

  1. Esther disse:

    Olá, tudo bem?
    Uau! Que medo dessa boneca, rs. Não conhecia o livro, mas gostei muito da história. Fiquei curiosa para saber o desenrolar dessa aventura, algo me diz que enterrar essa boneca não será nada fácil. Ótima resenha, pretendo conhecer mais desse livro.
    Beijos!

  2. Bruna Ribeiro disse:

    Olá tudo bem?
    Também sou dessas de julgar pela capa, confesso que essa boneca me assustou rsrsrs, mas o livro parece ser bem interessante. A resenha está ótima e me deixou curiosa para conhecer o livro.
    Beijos, blog encrespa

  3. Ola, eu não sabia que esse livro é infantil. Adorei a resenha e fiquei curiosa para saber o que vai acontecer com os três amigos, se essa historia da boneca ter sido feita de ossos de uma menina é verdade e qual o motivo da morte dela.
    Parece uma trama intrigante.

    Beijos

  4. Oi, Tudo bom?
    Eu não conhecia o livro, mas posso dizer que fiquei muito interessada, parece tratar-se de uma excelente história, curto livros infantil.
    Beijos, Joyce de Freitas.

  5. Nerd Book's disse:

    Eu lembro que quando lançou esse livro eu fiquei ansiosíssimo para tê-lo, mas confesso que era só por causa da autora kkk a leitura realmente é surpreendente.
    Gostei da sua resenha, você escreve muito bem. Parabéns.

  6. Olá!
    Eu já vi a capa desse livro navegando pela internet, mas desconhecia o enredo do mesmo. A história me agradou muito, ainda mais pelo fato de ser infantil e ter uma pegada diferente.
    Fiquei curioso para conferir as ilustrações e a edição do livro.

    Abraço!

  7. Olás
    Achei esse livro muito fofo, gosto de livros com jornadas e quando é com crianças fico ainda mais encantada porque geralmente a jornada é usada como metáfora para o crescimento, a descoberta do primeiro amor, essas coisas. Gente o desfecho da situação de Zach e o pai me deixou muito emocionada.

  8. Gostei da reflexão que o livro traz e que você bem citou na resenha, que faz o alerta com relação às atitudes dos pais, que achando estarem corretos, podam a infância das crianças, prematuramente.

  9. Oi Jonas!!
    Eu fiquei com medo dessa boneca na capa. Se visse ele na livraria não diria que é um livro infantil. Apesar disso a história parece interessante!!
    Bjs
    https://almde50tons.wordpress.com/

  10. Paula Cardoso disse:

    Que vontade de voltar a ser criança, ler esse tipo de livros e imaginar que eu também fazia parte. No fim ficava sonhando acordada e fazia a minha história.
    Adorava ler esse livro. Tenho lido muitos livros juvenis maravilhosos. Este parece ser o caso..
    Beijinho 😘

  11. Mari disse:

    Tenho esse livro na minha estante e estou enrolando para ler. Acho essa capa linda!
    Beijos
    Mari
    Pequenos Retalhos

  12. Não sabia que era uma livro infantil e fiquem muito interessada. Acho que minha filha iria gostar, ela gosta de historias de terror. Gostei do enredo d historia e da capa.
    Jussara
    https://culturapocket.blogspot.com.br

  13. Olá!
    Eu também sou dessas pessoas que se encantam com a capa de um livro, apesar de estar cansada de ouvir que não devemos julgá-lo pela capa!! Quanto a esse livro parece interessante, com uma leitura reflexiva e agradável!

    https://contosdacabana.blogspot.com.br/

  14. blogcomv disse:

    Olá!

    Achei a capa encantadora e gostei da premissa e da sua reflexão sobre como às vezes “podamos” certas atitudes ou fases, como estudante de Pedagogia, observo isso muitas vezes e acredito que essa leitura nos traz bastantes pensamentos reflexivos e nos ensine algumas lições. Parabéns pelo post!

    Um beijo, Carol
    blogcomv.org

  15. Raíssa Zaneze disse:

    Uaaaau! Achei surpreendente a boneca ser feita com ossos verdadeiros. É o que me deixou nais de boca aberta! Haha
    Adoro histórias de terror ou suspense e confesso que tenho um gosto carinho por livros infantis. E, caraca, é uma combinação diferente.
    Mas, nunca diria se tratar de uma história infantil. Nem pela capa, nem pelo nome rs
    Adorei. Beijos

    https://almde50tons.wordpress.com

  16. Janiele Silva disse:

    oieee, conhecendo a escrita da autora já quero ser esse novo livro!
    Apesar de ter essa pegada mais infantil, quero muito conhecer mais e espero gostar tanto como os demais dela!

    obrigada pela dica.

  17. Olá!
    Ao ver a foto da capa do livro, eu jamais imaginaria que o livro seria uma obra infantil. Acho que a capa é um grande chamativo para a nossa leitura, mas o que vale mesmo é o conteúdo.

O que achou? Comente!

Mais Visitados