Informações do Post - - Jonas Henrique - - 16 de novembro de 2017 | - 8:50 - - Home » » » - - 5 Comentários

Confira cinco novelas baseadas em livros

As novelas são uma verdadeira paixão nacional, de longe são as produções mais vistas da TV brasileira. Pensando nisso, resolvemos elencar algumas das principais novelas que foram baseadas em obras literárias e que foram grandes sucessos de audiência e crítica.

Éramos Seis  de Maria José Dupré

Capa do livro

Não poderíamos começar essa lista sem colocar em primeiro lugar a história de Dona Lola, a novela foi uma adaptação do romance homônimo de Maria José Dupré, sendo a obra mais adaptada para a TV brasileira, já foi exibida na TV Record em 1958, na época exibida duas vezes por semana e ao vivo, foi adaptada duas vezes pela extinta TV Tupi em 1967 e 1977, sua última adaptação foi ao ar em 1994 pelo SBT, sendo um dos maiores sucessos de audiência e crítica, recebeu o Troféu Imprensa de melhor novela daquele ano. Recentemente a TV Globo comprou os direitos para produzir uma nova adaptação da obra de Dupré.

Este romance se passa na capital paulista, entre as décadas de 1910 e 1940. Nele, a saudosa D. Lola relata o dia a dia vivido ao lado do marido e de seus quatro filhos. Aos poucos, o leitor se vê envolvido pelas alegrias, dramas e adversidades da família Lemos e faz uma viagem pela São Paulo do início do século XX, marcada pelas revoluções de 1924 e 1932.

Dona Anja de Josué Guimarães

Capa do livro

Dona Anja é uma telenovela brasileira que foi  exibida pelo SBT entre 9 de dezembro de 1996 e 26 de abril de 1997, baseada na livro original de Josué Guimarães.

A aprovação da Lei do Divórcio pelo Congresso, em 3 de dezembro de 1977, significou uma suada vitória. O país inteiro parou – como numa final de Copa do Mundo – para ouvir a votação da emenda do senador Nélson Carneiro que instituía no Brasil o rompimento legal do matrimônio. A nação estava dividida: de um lado os conservadores; de outro, os pregadores dos novos tempos. Em meio a acaloradas discussões, o resultado foi comemorado por toda a população. Neste pano de fundo histórico se desenrola a novela de Josué Guimarães.

Na ‘casa’ de Dona Anja e de suas encantadoras meninas, o prefeito, o delegado e demais figurões de uma pequena cidade discutem os problemas do país na exata noite da aprovação do divórcio. Nesta novela narrada em estilo de folhetim, o autor retrata as reações diante da votação, ouvida pelo rádio. Com toda sua maestria, Josué Guimarães fornece aos leitores um belo registro ficcional deste acontecimento histórico que comoveu a nação e que mudou para sempre a sociedade brasileira.

 


Gabriela de Jorge Amado 

Capa do livro

Adaptada do romance Gabriela, Cravo e Canela, de Jorge Amado está novela já teve duas versões exibidas pela TV Globo, a primeira em 1975 e a segunda em 2012.

O romance entre o sírio Nacib e a mulata Gabriela, um dos mais sedutores personagens femininos criados por Jorge Amado, tem como pano de fundo, em meados dos anos 1920, a luta pela modernização de Ilhéus, em desenvolvimento graças às exportações do cacau. Com sua sensualidade inocente, Gabriela não apenas conquista o coração de Nacib como também seduz um sem-número de homens ilheenses, colocando em xeque a lei que exigia que a desonra do adultério feminino fosse lavada com sangue.
Publicado em 1958, o livro logo se tornou um sucesso mundial. Na televisão, a história se transformou numa das novelas brasileiras mais aclamadas mundo afora.

A Escrava Isaura de Bernardo Guimarães 

Capa do livro

A Escrava Isaura possui duas adaptações, sua primeira versão foi ao ar em 1976 sendo exibida pela TV Globo e a sua segunda adaptação foi produzida e exibida pela TV Record em 2004.

Romance que procura retratar a sociedade brasileira do século XIX tendo como pano de fundo a escravidão. O autor cria um romance nacional em que o amor é instrumento de denúncia da hipocrisia de seu tempo. ‘A Escrava Isaura’ é uma obra que está na mente de praticamente todos os brasileiro: a lendária história de amor entre Isaura, a escrava branca, e Álvaro, a perversidade de Leôncio e as reviravoltas típicas do romantismo fizeram da obra um marco na cultura brasileira. 

Essas Mulheres – José de Alencar 

Capa do livro

Essas Mulheres foi uma telenovela produzida pela TV Record e exibida em 2005, baseada na obra Perfis de Mulheres: Diva, Lucíola e Senhora de José de Alencar.

José de Alencar, como nenhum outro, fixou o Brasil dos meados do século XIX e evocou épocas vividas, articulando nas figuras criadas os fios temáticos que o apaixonavam. Assim os seus romances dos séculos XVI e XVII são reconstruções hábeis, sem anacronismos, os homens e as mulheres representam a sensibilidade romântica que iluminava o autor. Pertencem todos à mesma família sentimental com o clima contemporâneo eu evocador feiticeiro. Alencar queria fixar os temperamentos, as fisionomias do seu tempo ou torná-las centros para evocação dos costumes, das tradições, da história popular que tão bem sabia? Graças ao cenário ambientador é que essas figuras vivem, ajudadas pela naturalidade das situações, pela multidão indiscutivelmente lógica que se aglomera nos seus romances. A vida social, as recepções, os bailes, as danças, a etiqueta do tempo, a moda feminina e masculina, os serviços de mesa, a conversa, o protocolo do amor verbal, os formulários da exigência no plano do bom-gosto, estão nos romances em que estudou perfis de mulher, temperamentos que julgou dignos de irradiante projeção no espírito humano: Lucíola (1862), Diva, (1864), Senhora (1857). Vários de seus livros foram levados ao cinema, teatro e televisão, sempre com sucesso.




5 respostas para “Confira cinco novelas baseadas em livros”

  1. Marcia Schorn disse:

    olá , tudo bem ? gostei muito do post e as duas novelas que eu tinha conhecimento
    que eram baseadas em livro e´a Gabriela cravo e canela e a Escrava Isaura ,
    as outras não vi nem a novela nem o livro. Bjssss

  2. Thiago D. disse:

    Dessas eu tenho vontade de ler Gabriela cravo e canela, esse post é muito bom!

  3. Oi Jonas!!
    Da sua lista eu já vi Éramos Seis, Gabriela e Escrava Isaura. As outras eu realmente não conheço.
    Gabriela eu vi a adaptação mais recente assim como aconteceu com Escrava Isaura!
    Ótimo post!!
    Bjs
    https://almde50tons.wordpress.com/

  4. Eu só vi uma dessas novelas, que foi a escrava Isaura que eu amo demais. assisto sempre que passa. mas ianda não li o livro,quando tive a oportunidade acabei não aproveitando. Muito legal seu post. Beijos

  5. Eu assisti em 1994 a novela Éramos Seis e realmente foi um sucesso na época!
    xoxox

O que achou? Comente!

Mais Visitados