Informações do Post - - Jonas Henrique - - 18 de dezembro de 2017 | - 9:00 - - Home » » » - - 5 Comentários

10 livros para ler durante as férias

As nossas tão aguardadas e queridas férias estão chegando! Um momento pra descansar, relaxar, viajar, curtir filmes e séries a vontade, sendo também um momento mais que perfeito pra por aquela leitura em dia, pegar aquele livro que já está há algum tempo parado na estante de sua casa ou até mesmo usar esse tempo livre para adquirir aquele livro que você passou o ano inteiro querendo  ler, mas que na correria do dia a dia acabou deixando de lado.

As férias são um dos melhores momentos para se aproveitar uma leitura recreativa, desfrutar dos prazeres que a ela pode nos proporcionar em nossos momentos de entretenimento, então vamos a as nossas dicas de leitura para as férias.

  • Uma Bolota Molenga e Feliz – Sarah Andersen 

Nada melhor do começar as férias em alto astral, e esse conjunto de tirinhas criadas por Sarah Andersen é uma boa pedida! As incríveis tirinhas de Sarah Andersen são para nós, que não economizamos dinheiro na livraria, vivemos à base de café, deixamos tudo para a última hora, somos especialistas em roubar o blusão alheio, não sabemos nos comportar em situações sociais e insistimos em Pensar Demais. Esta segunda coletânea continua exatamente onde a primeira parou: debaixo de uma pilha de cobertas, evitando as responsabilidades do mundo real. Este volume traz tiras que acompanham os altos e baixos da montanha-russa implacável que é o começo da vida adulta, além de ensaios ilustrados sobre experiências pessoais da autora ligadas a ansiedade, carreira, relacionamentos e amor por gatinhos. Tudo isso com o mesmo tom sincero, leve e divertido que já conquistou mais de 2 milhões de fãs no Facebook.

  • Mestre das Chamas – Joe Hill

Essa dica é ideal para aqueles gostam de histórias de terror em um mundo distópico!  Ninguém sabe exatamente como nem onde começou. Uma pandemia global de combustão espontânea está se espalhando como rastilho de pólvora, e nenhuma pessoa está a salvo. Todos os infectados apresentam marcas pretas e douradas na pele e a qualquer momento podem irromper em chamas. Nos Estados Unidos, uma cidade após outra cai em desgraça. O país está praticamente em ruínas, as autoridades parecem tão atônitas e confusas quanto a população e nada é capaz de controlar o surto. O caos leva ao surgimento dos impiedosos esquadrões de cremação, patrulhas autodesignadas que saem às ruas e florestas para exterminar qualquer um que acreditem ser portador do vírus. Em meio a esse filme de terror, a enfermeira Harper Grayson é abandonada pelo marido quando começa a apresentar os sintomas da doença e precisa fazer de tudo para proteger a si mesma e ao filho que espera. Agora, a única pessoa que poderá salvá-la é o Bombeiro – um misterioso estranho capaz de controlar as chamas e que caminha pelas ruas de New Hampshire como um anjo da vingança. Do aclamado autor de A estrada da noite, este livro é um retrato indelével de um mundo em colapso, uma análise sobre o efeito imprevisível do medo e as escolhas desesperadas que somos capazes de fazer para sobreviver.

  • O Conto da Aia – Margaret Atwood 

Se você é daqueles que gosta de livros que acabaram se tornando em séries de sucesso, O Conto da Aia é o que você precisa ler nestas férias. Escrito em 1985, o romance distópico O conto da aia, da canadense Margaret Atwood, tornou-se um dos livros mais comentados em todo o mundo nos últimos meses, voltando a ocupar posição de destaque nas listas do mais vendidos em diversos países. Além de ter inspirado a série homônima (The Handmaid’s Tale, no original) produzida pelo canal de streaming Hulu, a ficção futurista de Atwood, ambientada num Estado teocrático e totalitário em que as mulheres são vítimas preferenciais de opressão, tornando-se propriedade do governo, e o fundamentalismo se fortalece como força política, ganhou status de oráculo dos EUA da era Trump. Em meio a todo este burburinho, O conto da aia volta às prateleiras com nova capa, assinada pelo artista Laurindo Feliciano.

  • Cem Gramas de Centeio – Agatha Christie

Se esta a procura de uma leitura mais clássica, mas que ao mesmo tempo seja instigante e envolvente, “Cem Gramas de Centeio” com certeza é a obra que pode te agradar, na verdade é quase impossível não se encantar com  a genialidade da Rainha do Crime. Um dia normal na vida de Mr. Fortescue, presidente da ConsolidatedInvestimentsTrust, começa forçosamente com o seguinte ritual: sua secretária particular, a belíssima Miss Grosvenor, servindo-lhe o chá matinal em seu escritório. O que nenhum dos dois sequer imagina é que este será seu último chá ? e seu último dia de vida.
A perícia afirma que a morte foi causada por envenenamento. Mas quem teria interesse em matá-lo? Chamado para investigar o caso, o inspetor Neele está prestes a descobrir que, na verdade, a família inteira do magnata poderia figurar entre os maiores suspeitos. E quando mais duas vítimas são encontradas na propriedade dos Fortescue, seguindo um curioso padrão, Miss Marple não vê outra alternativa senão entrar em cena para desmascarar o culpado. Sobre o autor: Agatha Christie é simplesmente a romancista de maior vendagem de títulos da história, atrás apenas da Bíblia e de Shakespeare, razão pela qual é conhecida como a Rainha do Crime. Seus oitenta romances policiais e coletâneas de contos já foram publicados em mais de uma centena de línguas no mundo inteiro. O sucesso de sua obra, ampliado pelas inúmeras adaptações para o cinema e para a tevê, é um tributo ao eterno fascínio de seus personagens e à absoluta engenhosidade de suas tramas.




  • O Gigante Enterrado – Kazuo Ishiguro

“O Gigante Enterrado” é o livro ideal para quem busca uma boa ficção e que aborde temas universais e de grande relevância. Sem contar que ele foi escrito por um ganhador do prêmio Nobel de Literatura de 2017. Uma terra marcada por guerras recentes e amaldiçoada por uma misteriosa névoa do esquecimento. Uma população desnorteada diante de ameaças múltiplas. Um casal que parte numa jornada em busca do filho e no caminho terá seu amor posto à prova — será nosso sentimento forte o bastante quando já não há reminiscências da história que nos une? Épico arturiano, o primeiro romance de Kazuo Ishiguro em uma década envereda pela fantasia e se aproxima do universo de George R.R. Martin e Tolkien, comprovando a capacidade do autor de se reinventar a cada obra. Entre a aventura fantástica e o lirismo, O gigante enterrado fala de alguns dos temas mais caros à humanidade: o amor, a guerra e a memória.

Cães do Rei – Martin Jensen

“Cães do Rei” é um bom livro para os amantes de ficção histórica. Um ex-nobre, um pintor e um assassinato que compromete a unificação da Inglaterra
Na tentativa de garantir a paz na Inglaterra, o rei Cnut convoca saxões, dinamarqueses, vikings e jutos para um encontro em Oxford. Porém, a dias da reunião entre nobres e bispos saxões e conselheiros dinamarqueses, a morte de um nobre saxão abala a já frágil estabilidade da região, dificultando os planos de Cnut. A fim de garantir o sucesso de seus propósitos, o rei escolhe uma dupla improvável para solucionar o crime: Halfdan, outrora um nobre e agora empobrecido, e Winston, um pintor e ex-noviço. Seguindo as pistas do assassinato, os dois se deparam com uma grande conspiração. Surge assim uma nova dúvida: eles conseguirão resolver o mistério e permanecer vivos?

  • Antes de Partir 

 

Para quem gosta de romance, “Antes de Partir” é uma boa pedida para essas férias. Um romance emocionante sobre vida, morte e amor feito tanto para os leitores que gostam de rir quanto para os que preferem chorar. Na véspera do que esperava ser uma triunfante comemoração de três anos livre do câncer, Daisy, 27 anos, sofre um golpe devastador: seu médico lhe diz que a doença está de volta, desta vez ainda mais agressiva. Tendo apenas de quatro a seis meses de vida, ela está apavorada com o que será de seu marido, Jack, quando não estiver mais lá para cuidar dele. Esse medo tira seu sono, até que uma solução lhe vem à mente: ela precisa encontrar outra mulher para ele. Com uma determinação singular, Daisy visita parques, cafeterias e sites de relacionamento à procura do par perfeito para Jack. Mas, à medida que ela avança em sua busca, ela se vê forçada a decidir o que é mais importante no curto tempo que lhe resta: a felicidade de seu marido ou a sua própria?

  • A Improvável Annelise – Taty Azevedo 

Claro que em nossa lista não poderia falta uma obra nacional e o destaque da vez é para i livro “A Improvável Annelise” de  Taty Azevedo. Era uma vez pessoas de um planeta distante, poderes especiais, um sequestro, um Guardião e uma pedra. Essa realidade fantástica invade a vida de Annelise Toder no dia em que seus pais desaparecem. Longe de casa e cercada de desconhecidos, ela descobre ser descendente do povo de Antera e deve aprender a confiar em seus instintos para salvar a família. Uma aventura cheia de sentimentos e surpresas.

  • O ódio Que Você Semeia – Angie Thomas 

Em tempos de tanta intolerância, esse livro cai como uma luva.  Uma história juvenil repleta de choques de realidade. Um livro necessário em tempos tão cruéis e extremos. Starr aprendeu com os pais, ainda muito nova, como uma pessoa negra deve se comportar na frente de um policial. Não faça movimentos bruscos. Deixe sempre as mãos à mostra. Só fale quando te perguntarem algo. Seja obediente. Quando ela e seu amigo, Khalil, são parados por uma viatura, tudo o que Starr espera é que Khalil também conheça essas regras. Um movimento errado, uma suposição e os tiros disparam. De repente o amigo de infância da garota está no chão, coberto de sangue. Morto. Em luto, indignada com a injustiça tão explícita que presenciou e vivendo em duas realidades tão distintas (durante o dia, estuda numa escola cara, com colegas brancos e muito ricos – no fim da aula, volta para seu bairro, periférico e negro, um gueto dominado pelas gangues e oprimido pela polícia), Starr precisa descobrir a sua voz. Precisa decidir o que fazer com o triste poder que recebeu ao ser a única testemunha de um crime que pode ter um desfecho tão injusto como seu início. Acima de tudo Starr precisa fazer a coisa certa. Angie Thomas, numa narrativa muito dinâmica, divertida, mas ainda assim, direta e firme, fala de racismo de uma forma nova para jovens leitores. Este é um livro que não se pode ignorar.

  • Por Trás de Seus Olhos – Sarah Pinborough

Finalizando a nossa lista com chave de ouro, temos o livro “Por Trás de Seus Olhos”. Louise é mãe solteira, trabalha como secretária e está presa à rotina da vida moderna: ir para o escritório, cuidar da casa, do filho e tentar descansar no tempo livre. Em uma rara saída à noite, ela conhece um homem no bar e se deixa envolver. Embora ele se vá logo depois de um beijo, Louise fica muito animada por ter encontrado alguém. Ela só não esperava que seu novo e casadíssimo chefe seria o homem do bar. Apesar de ele fazer questão de logo esclarecer que o beijo foi um equívoco, em pouco tempo os dois passam a ter um caso. Em uma terrível sequência de erros, Louise acaba ficando amiga da esposa do amante. E, se você acha que sabe para onde esta história vai, pense de novo, porque Por trás de seus olhos não se parece com nenhum livro que já tenha passado por suas mãos. À medida que é arrastada para a história do casal, Louise acaba com mais perguntas que respostas e a única coisa certa é que algo naquele casamento está muito, muito errado. Em Por trás de seus olhos, best-seller do Sunday Times e do The New York Times, Sarah Pinborough não só reinventa o tradicional triângulo amoroso, como o vira do avesso e de ponta-cabeça, numa trama “com tantos jogos mentais que você vai começar a se perguntar se esse triângulo tem mesmo três lados”, como destaca Josh Malerman, autor de Caixa de pássaros.




5 respostas para “10 livros para ler durante as férias”

  1. Julia Lopes disse:

    Já inclui alguns na minha lista! Muito bom ter ótimas indicações e conhecer livros novos

  2. Comprei uma bolota mes passado e realmente, é um livro otimo pra ler nas férias e pra

  3. Esther de Sá disse:

    Olá, tudo bem?
    Não conhecia todos da lista, mas amei as indicações. As tirinhas da Sarah são incríveis, mas eu não sabia que tinha um livro….Lerei com toda certeza. O livro O ódio que você semeia parece ótimo também, espero poder ler em breve e adoraria ver algumas destas resenhas por aqui!
    Beijos!

  4. De todos os que citou, “A Improvável Annelise” é o que eu mais desejo ler! Adorei as dicas!

  5. Oiie,
    Gostei bastante das indicações, o que eu mais gostei foi o 1 Uma Bolota Molenga e Feliz , a sinopse do livro achei bem legal (a capa também) <3.

O que achou? Comente!

Mais Visitados