Informações do Post - - Jonas Henrique - - 22 de julho de 2017 | - 10:28 - - Home » » - - Sem Comentários

10 livros de Agatha Christie que você precisa ler

Quem é fã de livros do gênero policial com certeza já deve ter ouvido falar em Agatha Cristie, ou até mesmo já conhece muitas de suas obras, até porque ela publicou 80 livros. Se destacou no subgênero romance policial, tendo ganho popularmente, em vida, a alcunha de “Rainha/Dama do Crime”. 

A escritora inglesa Agatha Cristie faleceu em 1976, aos 85 anos, deixando uma imensa obra que até hoje vem conquistando uma nova geração de fãs, e pra você que ainda não conhece está grande escritora, vamos lhe apresentar 10 livros de sua autoria que com certeza irão te encantar.

  • Assassinato no Expresso Oriente – 1934

Não poderíamos iniciar esse texto e não por em primeiro “Assassinato no Expresso Oriente”, um dos maiores sucessos da escritora.

Sinopse: É perto da meia-noite quando a neve acumulada sobre os trilhos interrompe a jornada do Expresso Oriente, o mais famoso e luxuoso trem de passageiros do mundo, que liga a Ásia à Europa.
A bordo, milionários, aristocratas, empregados – e um assassino. Porém, no mesmo vagão encontra-se ninguém menos que Hercule Poirot. Caberá ao meticuloso detetive investigar todos os passageiros e descobrir a identidade do ousado criminoso. Christie propõe um fascinante enredo nos moldes do clássico subgênero do “locked room” (“mistério do quarto fechado”), em que o crime ocorre num local isolado, e a suspeita recai sobre todos os presentes .

  • Morte no Nilo – 1937 

Sinopse: Morte no Nilo é um dos mais célebres romances de Agatha Christie e um dos mais famosos mistérios protagonizados por Hercule Poirot. A própria autora afirma no prólogo: “é um de meus melhores livros sobre ‘viagens internacionais’”. Inspirado em uma de suas estadias no Egito, conta a história de Linnet Ridgeway, uma jovem que parece ter tudo: beleza, dinheiro, inteligência e talento para os negócios. Mas, ao partir com seu noivo, Simon Doyle, para um cruzeiro exótico no rio Nilo, ela descobre que também tem… inimigos. Quando um crime é cometido a bordo, a suspeita recai sobre a ex-namorada de Simon. O álibi da moça, porém, é incontestável. O mistério parece insolúvel até que Hercule Poirot, de férias no mesmo navio, intervém de maneira a mudar totalmente o rumo da história…

  • O Assassinato De Roger Ackroyd – 1926

Sinopse: Uma misteriosa sequência de três crimes. Uma velha senhora desconfiada. Um famoso detetive belga de férias, procurando alguma emoção. Este é o ponto de partida de O assassinato de Roger Ackroyd, um dos mais famosos romances policiais de Agatha Christie, em que está presente seu estilo inconfundível de promover uma verdadeira ciranda de suspeitos, em que o leitor é envolvido e para a qual ele é convidado a usar toda a sua inteligência e perspicácia.
Em uma noite de setembro, o milionário Roger Ackroyd é encontrado morto, esfaqueado com uma adaga tunisiana – objeto raro de sua coleção particular – no quarto da mansão Fernly Park na pacata vila de King’s Abbott. A morte do fidalgo industrial é a terceira de uma misteriosa sequência de crimes iniciada a de Ashley Ferrars, que pode ter sido causada ou por uma ingestão acidental de soníferos ou envenenamento articulado por sua esposa – esta, aliás, completa a sequência de mortes, num provável suicídio.
Os três crimes em série chamam a atenção da velha Caroline Sheppard, irmã do Dr. Sheppard, médico da cidade e narrador da história. Suspeitando de que haja uma relação entre as mortes, dada a proximidade de Miss Ferrars com o também viúvo Roger Ackroyd, Caroline pede a ajuda do então aposentado detetive belga Hercule Poirot, que passava suas merecidas férias na vila.
Ameaças, chantagens, vícios, heranças, obsessões amorosas e uma carta reveladora deixada por Miss Ferrars compõe o cenário desta surpreendente trama, cujo transcorrer elenca novos suspeitos a todo instante, exigindo a habitual perspicácia do detetive Poirot em seu retorno ao mundo das investigações.

  • Convite Para Um homicídio – 1950 

Sinopse: Durante mais uma tranquila e monótona manhã no pequeno vilarejo inglês de Chipping Cleghorn, um anúncio no jornal local deixa os habitantes em polvorosa: todos são convidados a presenciar um homicídio. Pensando ser apenas um jogo de detetive, os vizinhos comparecem em peso, sem estar preparados para o que viria a seguir.
Em meio a passados nebulosos e jogos de aparências, o cenário descortinado revela que ninguém é o que parece ser. Para resolver o mistério, a polícia conta com a perspicácia de Miss Jane Marple. Por trás dos cabelos brancos e das agulhas de tricô, a simpática velhinha imortalizada por Agatha Christie tem um profundo conhecimento do ser humano – e das atrocidades de que ele é capaz.

  • O Mistério dos Setes Relógios – 1929

Sinopse: Gerry Wade tem um grave problema: acorda sempre atrasado para o café da manhã, aborrecendo seus anfitriões durante sua estadia na mansão de Chimneys. Os outros hóspedes da casa decidem pregar uma peça no dorminhoco e colocam oito relógios no quarto dele, marcados para despertar às 6h30. A manhã chega e, para surpresa de todos, a brincadeira acaba tendo um resultado trágico.
Agora cabe à jovem Bundle e seus amigos investigar o que deu errado. Em O mistério dos sete relógios, Agatha Christie convida o leitor a acompanhar as aventuras destes jovens – e improváveis – detetives, enquanto eles desenredam uma trama de conspiração muito mais complexa do que poderiam imaginar.

  • Um Corpo na Biblioteca – 1942

Sinopse: ão era sonho. Na verdade, mais parecia um pesadelo: o corpo de uma bela e desconhecida jovem jazia na biblioteca da família Bantry. Com o caos instaurado em sua casa, Dolly Bantry só conseguia pensar em uma pessoa para lhe ajudar: Miss Marple. Conhecida por desvendar os mais curiosos acontecimentos na pacata St. Mary Mead, a adorável velhinha percebe desde o início que há alguma coisa errada naquela biblioteca. Durante anos Agatha Christie planejou escrever um livro sobre um crime em uma biblioteca, até que, de férias no litoral inglês, encontrou a inspiração que faltava. Um corpo na biblioteca – publicado em 1942 –, é considerado por fãs e especialistas um dos melhores mistérios de Miss Marple.

  • A Maldição do Espelho – 1962

Sinopse: O pacato vilarejo de St. Mary Mead está mudando. Novas casas estão sendo construídas, atraindo novos moradores, e agora o povoado possui até um supermercado! De sua janela, Miss Marple assiste a tudo isso e fica curiosa ao saber que a estrela americana Marina Gregg se mudou para uma das mansões da região. Seu interesse aumenta quando, durante uma das festas na casa da atriz, uma das convidadas morre após tomar um drinque envenenado.
A atriz tem certeza que a bebida havia sido preparada para ela – mas quem poderia querer matá-la? E por quê? Buscando responder a estas perguntas, Miss Marple embrenha-se profundamente no passado dos envolvidos, fazendo de A maldição do espelho um dos mistérios mais psicologicamente intensos de Agatha Christie.

  • Um Passe de Mágica – 1952

Sinopse: As irmãs Ruth e Carrie Louise são amigas inseparáveis de Miss Marple desde os tempos de colégio. Por isso Ruth não hesita em compartilhar com a adorável investigadora seus piores pressentimentos: Carrie estaria correndo perigo em Stonygates, a mansão da família que agora também abriga um centro de reabilitação para meninos delinquentes. Quando três crimes acontecem na casa, Miss Marple decide juntar todas as peças deste quebra-cabeça antes que sua amiga seja a próxima vítima…
Um passe de mágica é uma das mais conhecidas e celebradas histórias de Agatha Christie. Além de encantar o leitor com a astúcia de Miss Marple, este romance também traz informações curiosas sobre o passado da personagem que fascinarão seus fãs.

  • O Mistério do Trem Azul – 1928

Sinopse: Quando o luxuoso Trem Azul chega a Nice, na Riviera Francesa, um guarda tenta acordar a serena Ruth Kettering, uma jovem atraente e riquíssima herdeira. Qual não é o seu susto ao perceber que ela está morta, assassinada com um pesado golpe na cabeça que a deixou quase irreconhecível. Além disso, alguém roubou seus preciosos rubis.
O primeiro suspeiro é Derek, o marido de Ruth. Mas Hercule Poirot não está totalmente convencido, então monta uma completa reconstituição do crime e da viagem, com direito a tudo, inclusive a presença do assassino a bordo…

  • O segredo de Chimneys – 1925

Sinopse: Anthony Cade, um cidadão britânico que está a trabalho na África, é incumbido de levar um pacote à Inglaterra. Mas como ele poderia suspeitar que esta simples missão o colocaria no meio de uma conspiração internacional? Quando é convidado para uma festa de políticos na mansão Chimneys, Cade percebe que se tornou, involuntariamente, cúmplice de um crime. Em situação cada vez mais arriscada, ele precisa unir forças com o superintendente Battle para desvendar os mistérios que ocorrem em Chimneys antes que mais mortes aconteçam…
Publicado originalmente em 1925, O segredo de Chimneys marca a primeira aparição do superintendente Battle, um dos grandes detetives de Agatha Christie.



O que achou? Comente!

Mais Visitados